Divagações, Receitas & Ingredientes

Borras de café.

Todo mundo sabe ( ou deveria saber ) que a borra do café que fica no coador ou nas prensas não deve ser jogada fora.

Tem milhões de utilidades. Na cosmética caseira, se usa muito em máscaras faciais e no cabelo: pra dar brilho nos cabelos escuros, pra tirar manchas, pra esfoliar e dar um brilho extra. Na horta, é fenomenal como repelente de insetos e formigas, fertilizante, deixa o solo “limpo” de micro-organismos às vezes indesejados, aporta nutrientes para o solo, ajuda na compostagem e pode até ser usada com sucesso em compostos para cultivo caseiro de cogumelos. Rola misturar com outros tipos de adubo, colocar direto no minhocário ( minhocas amam borra de café, tanto que quando você joga na terra, elas são atraídas ) ou então misturar com água e regar os canteiros. Na compostagem, ajuda a amenizar os odores ; aliás, esse é um conhecido uso das borras café – podemos utilizá-las em lixos ou em encanamentos malcheirosos, para dar uma maquiada nos aromas. Ok. Isso todo mundo sabe ou deveria saber.Mas eu me dei conta da quantidade de borra de café que a gente produz no restaurante ( e em casa ) e comecei a pirar em outras formas de utilizá-la. Afinal, imaginem. Borra é que sobrou do grão torrado, moído, que passou água fervente por cima. Você extrai óleos, cafeína e mais um tanto de nutrientes no líquido…. mas com certeza boa parte também permanece nas borras. Portanto, porque não utilizar na comida? Oh yeah.

Principalmente quando se tem um grão de excelente qualidade, orgânico, e moído todo dia na hora. Claro que parte dos componentes vai pro café que você passa: mas boa parte dos óleos, das proteínas e principalmente das fibras não solúveis do grão permanecem na borra. Cerca de 30% do grão de café torrado e moído é de fibra não solúvel, celulose – presente na maior parte das sementes e cascas de vegetais. O bom disso? São ótimas para a flora intestinal e também fluxo intestinal. Além de ajudar sua microbiota, estimula uma boa formação de bolo fecal, o que ajuda no funcionamento regular do intestino e de quebra na limpeza geral do corpitcho. Ajudam também a dar aquela sensação de saciedade. Pelo que estou vendo, a maior parte da cafeína acaba indo pra infusão mesmo, assim como outros componentes solúveis que vão dar aroma e sabor. Mas a borra é bem aromática ainda, e embora seja bem menos intensa do que o grão moído, dá ainda bastante sabor nas preparações. Bom, até agora foi isso que pesquisei. Depois vou mais a fundo. Enquanto ainda não me intero 100% sobre as propriedades nutricionais da borra de café, vamos cozinhando. Hoje vai rolar uns testes já de pão de borra de café, bolo, crumble salgado, brownie, biscoito, farofinha doce, base de torta, brigadeiro.

Uso cosmético: usado em máscaras faciais e corporais esfoliantes, tônicas, antioxidantes, além de ser um poderoso antimanchas e ativador de circulação. Você pode fazer sabonetes naturais ou máscaras, utilizando óleo de coco, aveia, mel, óleos essenciais. 

Na horta: é repelente de insetos e formigas, larvas, caracóis e lesmas; elimina bactérias e outros micro-organismos danosos ao solo. É ótimo substrato para cultivo caseiro de cogumelos. Como fertilizante, não deve ser usado diretamente na terra, senão acaba tendo efeito contrário. Para esse fim, deve-se misturar com outros tipos de adubo, como farinha de cascas de ovos, restos vegetais, esterco, e deixar fermentando por cerca de 60 dias, até aplicar. Colocar diretamente na composteira é uma ótima saída, ou então misturar em água: 100g de borras de café para 1 litro de água. 

Na cozinha: é só acrescentar as borras nas receitas de pão, bolo, biscoito, para ganhar um sabor e aroma leves de café, além de também muita fibra vegetal e nutrientes. 

Neutralizador de aromas: podemos utilizá-las em lixos, areia para gatos, ralos e encanamentos malcheirosos para neutralizar os odores indesejados. 

Infusões: deixando em infusão à frio, em água, com cascas de limão, nibs de cacau, baunilha, especiarias, você tem um “chá de café” delicioso. Acrescentando guaraná em pó, vira uma super bebida energética. 

7/8/2019
Comente Compartilhe
×
Contato

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

11. 3846 03 84

Não aceitamos cartões de crédito e cheque - Recomendamos reservas antecipadas - Mesas acima de 6 pessoas somente com reserva prévia de menu