Divagações, Vinhos

“Prosecco” natural tem?

“Prosecco” natural tem?

Opa, tem.

Mas pelamordedeus, não tem nada a ver com o estereótipo de Prosecco que se criou por aqui, e que só escondem vinhos industriais massivos, industriais, na grande maioria mal feitos e cheios de modificações e aditivos enológicos.

Prosecco é nome de região, muita gente acha que é nome da uva e mais um tanto de gente confunde as palavras “espumante” e “prosecco”. Virou meio o leite moça das borbulhas, o pessoal fala tomar um prosecco mas na verdade a intenção é tomar um espumante.

Prosecco virou sinônimo de bebida barata, em larga escala, padronizada, e aqui no Brasil infelizmente virou moda e até símbolo de “coisa chique”.

Como são as coisas né. Muito das modas a gente nem para pra pensar, e quando se dá conta, está consumindo um produto que não tem nada a ver com o imaginário daquele mesmo produto.

Então sim, existe Prosecco natural, da mesma maneira que existe Chianti. Agora se precisa meeesmo ter essas denominações de origem, é conversa pra outro post ( pois muitas vezes as denominações de origem não “abraçam” os vinhos naturais e suas características, autenticidade, diversidade ).

Conheci @carolaincats em uma das viagens pela Itália, faz já alguns anos. Ela faz refermentação em garrafa de Glera ( nome da uva do Prosecco ), cultiva as uvas de forma ecológica, resgata métodos e outras uvas regionais do Vêneto ( como a deliciosa Raboso ), além de claro, vinificar naturalmente.

Nossa, então também tem Chianti natural?!!

Lógico gente. Polêmicas de denominações de origem a parte, tem gente boa fazendo vinho bom em todo lugar. Um dos vinhos queridinhos dos bebedores naturebas em Sampa, por exemplo, o @pacinavino …. é de Chianti.

Pois é.

Junte isso ao fato de que o melhor vinho de sobremesa do Brasil ( pelo menos na opinião ) é da região de São Roque, em São Paulo ( o @bellaquintavinhosfinos faz um corte de mais de dez safras em ‘crianza’ oxidativa de Niágara pra matar muito Setúbal de nervoso ) ….

…… e a conclusão é que….

é … temos que parar de beber regiões e rótulos e denominações, e começar a beber vinhos e pessoas e paisagens.

28/6/2021
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation