Receitas & Ingredientes

Cúrcuma e como fazer pó de cúrcuma.

Antiinflamatória, antimicrobiana, antiplaquetária, anticoagulante, hepatoprotetora, antioxidante. 

Nativa da Índia e do Sul da Ásia, também é muito cultivada nos países tropicais. Conseguimos plantar modinhas através de estacas ou de rizomas, e gosta de clima único e drenado. Colhemos quando os meses frios chegam, pois com o frio, a planta faz suas reservas debaixo da terra – os rizomas – e são eles que usamos.

Todo mundo já está careca de saber dos efeitos benéficos da cúrcuma ( conhecido aqui no Brasil como açafrão da terra ): antioxidante, anti-inflamatório, ajuda em casos de depressão, de inflamações, é ótimo bactericida, promove a saúde das gengivas e do sistema digestivo, combate o mau hábito e inflamações na boca, alivia náuseas e enjoos, auxilia a saúde do fígado e do estômago, atuando no sistema digestivo em geral e equilibrando acidez e muco interno.

Conhecida por blindar o sistema imune, ajuda até mesmo em casos de câncer, demência e outras doenças degenerativas ou auto-imunes. É usada em casos de alergias, diabetes e psoríase, sempre quando os fatores sintomáticos são relacionados à inflamações. É muito usada na Ayurveda em quadros inflamatórios gerais e para mais uma infinidade de outras coisas, de icterícia à artrites e artroses.

Seu uso externo pode ser feito em doenças de pele, em pomadas e cataplasmas, até naquelas causadas por fungos, por sua ação antimicrobiana. Seu uso interno pode ser através de decocções ou do próprio pó, seja na alimentação ou misturada à água. 

Comer cúrmuca com pimenta preta faz diferença? Faz sim. A pimenta preta ajuda na absorção da cúrcuma pelo nosso organismo. 

Essa semana colhemos alguns rizomas de cúrcuma que estão começando a ficar bons para a colheita. Nós colhemos quando os meses frios chegam, pois com o frio, a planta faz suas reservas debaixo da terra – os rizomas – e são eles mesmos nós que usamos. Parece óbvio, mas é esse tipo de coisa que vamos ‘re’aprendendo ao lidar com a natureza. Quando colher o que, quando plantar o que…. E os motivos de cada coisa. Quando passamos a entender um pouco mais dos ritmos e ciclos naturais, tudo vai ficando mais fácil de entender. Interessante também notar que a cúrcuma é muito usada para fortalecimento do sistema imune – e os meses de frio são justamente conhecidos pelas baixas de imunidade na saúde humana. Coincidência? Não. É só saber interpretar. 

Fazendo o pó de cúrcuma:

Abraça-arvorismos à parte, hoje foi dia de estocar cúrcuma aqui em casa, para não ficar com um monte de rizomas frescos na geladeira e aproveitar a safra que está vindo com tudo, depois durante o ano inteiro. 

Existem algumas formas de conservar alimentos: no sal, no açúcar, no óleo ou gordura, fazendo processos de fermentação, cura ou desidratação|secagem. Aqui, usamos o último. Pode-se secar os rizomas no sol, e guardá-los assim, para utilização posterior ( é só depois processá-los para virar pó ). 

Eu gosto de processar eles frescos, fazer uma pasta, e depois desidratar – assim já consigo em dois dias ter potinhos cheios de pó de cúrcuma para usar à vontade. Em casa tenho um desidratador ( um dos melhores eletrodomésticos que os nerds de cozinha podem ter ), mas é possível fazer no sol ou no forno baixinho mesmo. 

18/5/2020
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

11. 3846 03 84

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation