Comida, Viagens

Canelé.

Primeira vez que provei estava por aqui também, visitando Bordeaux. Esse comprei numa boulangerie de rua e fui comendo no carro, afinal, nada melhor do que um lanchinho enquanto a gente dirige ( e uma marmita de café, que simmmm, veio com a gente também 😅 ).

A canelé é um docinho típico bordalês, feito com farinha de trigo, ovos, rum e baunilha. Reza a lenda que as freiras usavam as gemas dos ovos ( que não eram usadas na clarificação do vinho, nos mosteiros ) para fazer esse docinho, que era distribuído para os pobres. Gemas descartadas, farinha de trigo que caia no cais do Porto, garrafas de rum pela metade. Com o tempo a receita foi ganhando ingredientes mais “nobres” como a baunilha, e ficando mais refinado. As formas de cobre dão esse caramelizado lindo por fora, e dentro elas são macias e grudentinhas.

( canelé ) 

🥚 pra quem não sabe o que é clarificação, no vinho, é usar claras de ovos para filtrar o vinho. As claras se condensam nos tanques, criando uma rede que arrasta os sedimentos para o fundo. Sim, imaginem antigamente quanta gema não sobrava quando você fazia vinho…. Daí surgiu boa parte dos doces de gema dos mosteiros. Métodos mais industriais utilizam aditivos enológicos para clarificação ( muito utilizados, inclusive ). E muitos naturebas não fazem nem um nem outro.

10/1/2022
Comente Compartilhe
×
Contato

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

Não aceitamos cheque - Recomendamos reservas antecipadas - Mesas acima de 6 pessoas somente com reserva prévia de menu