Comida

Couve Flor

couveflor

Toda a emoção das primeiras couve flores desse ano.

Aparentemente é um dos vegetais que existe no “mundo” a trocentos anos, com muitas características das couves antigas e “ancestrais” que deram origem ao que conhecemos como couves hoje. Da família das brássicas ( como as couves, os kales, o cavolo, os brócolis, os repolhos ), são ótimas pra cultivo no inverno e riquíssimas em nutrientes. A couve flor tem vitamina C pra distribuir, muitos minerais, proteínas e outras tantas vitaminas diversas. Ótima para a digestão e para o sistema imune, também é rica em antixoxidantes ( meio que como todas as plantas… rss ).

Na gastronomia, começou a aparecer como conhecemos hoje lá pelo séc. XVI. São inúmeras as receitas feitas com ela, de molhos a sopas. Luís XIV, por exemplo, adorava couve flor e noz moscada, com muita manteiga.

Não só de França e nobreza ( embora eles pirassem nas receitas com couve flor ) se fez a história. Na culinária oriental ela também aparece bastante.

Super versátil, faz molhos brancos, mingaus, arrozes sem arroz ( ela picadinha ), couscous sem couscous ( rss… Pela consistência dela ela pode “imitar” vários outros ingredientes ), cremes, sopas, mingaus doces ( ela cozida com leite de coco e canela fica o máximo ). Gratinada, grelhada, empanada ( tem coisa melhor no mundo?! ). E crua. Raladinha como salada fica uma delícia.

O que pouca gente sabe é que você não precisa usar só a florzinha. As folhas que envolvem a couve flor…. São praticamente uma couve mesmo. E podemos utilizar da mesma maneira: picadinha, refogada no alho, em sucos verdes, em saladas. O talo, idem. 

1/9/2016
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation