Comida

Quê? Kefir.

Uhuu, agora também tenho um kefir!

Quem me deu foi um casal amigo chatopacacete com a alimentação também, como eu. É a tradição mesmo do kefir, a doação. Pois eles vão se multiplicando, e ou você vira uma fábrica de kefir, ou doa pros amigos…. Assim a tradição do consumo perdura.

Não tinha um conhecimento muito profundo sobre ele, só sabia que fazia um bem danado pra saúde. Como eu nasci nerd, cresci nerd e vou continuar sendo nerd, amofineis coisa que eu fiz – até antes de beber um copo- foi começar a pesquisar loucamente sobre ele.

Estou aprendendo, mas já tenho algumas informações interessantes que vale repassar. Pois são pequenos detalhes que você coloca no seu dia a dia de alimentação que podem fazer grandes diferenças.

Aparentemente esse tal do kefir veio lá da região do Cáucaso, e embora hoje esteja na boca do povo, é um pãtza alimento antigo, assim como a maioria dos alimentos fermentados. Dá pra fazer com leite e dá pra fazer com água, cada qual com seus benefícios específicos pra saúde. De quebra, dá pra fazer receitinhas deliciosas com os dois. O mais tradicional é com leite : pode ser qualquer leite. De preferência, óbvio, cru e fresco. Senão, integral e orgânico.

O kefir é um fermentado que se faz a partir de uma colônia de micro-organismos específicos ( Bactérias como Lactobacillus caucasus, Leuconostoc, Acetobacter e Streptococcus, leveduras como as Saccharomyces kefir, Torula, etc…. ), e por isso é um fermentado com características únicas. O iogurte normal não é igual ( nem de sabor nem nutricionalmente) ao iogurte de kefir, justamente por causa disso. Pai diferente, filho diferente.

A primeira grande sacada do kefir é seu efeito probiótico, ou seja, estimula as “boas” populações de micro-organismos que “moram” em nós. Como os micro-organismos do kefir resistem à digestão, chegam intactos ao trato intestinal. E flora intestinal saudável é uma das coisas mais importantes para nossa saúde geral. Manter esse povo todo trabalhando bem e alegre é essencial para nos manter longe de uma infinidade de doenças.

A partir daí, o kefir de água e o kefir de leite tem benefícios muito específicos e diversos, que vale a pena vocês pesquisarem por conta própria para aprofundarem o conhecimento. Inclusive, por conta da fermentação, a lactose do leite se reduz a menos de 5% do total logo no primeiro dia, então tá liberado até mesmo pra quem não pode muito com lactose. Mas se informem.

Só pra citar alguns dos benefícios super heróicos dos bichinhos: depuração ( limpeza ) do organismo, manutenção da saúde da flora intestinal, regulação do sistema nervoso ( o que auxilia em problemas como insônia, ansiedade, depressão, etc.). Fortalecedor do sistema imunológico, previne câncer de cólon, acelera o metabolismo, fortalece pele, unhas, cabelos. Todos os problemas intestinais se beneficiam com a ingestão de kefir. Alergias, dores de cabeça, inchaços.

O kefir é uma daquelas coisas que por dar uma “regulada” geral no organismo, acaba te deixando saudável por inteiro. Corpo equilibrado, corpo saudável. Corpo saudável, corpo bonito.

O kefir geralmente fermenta 24 horas. Então você coa os bichinhos e usa a água ou o leite. Os bichitos que sobraram, você acrescenta mais leite ou então mais água e mascavo, para voltar a fermentar. Dependendo das horas de fermentação, após benefícios ao organismo também mudam. Soltar ou prender o intestino, por exemplo, depende da quantidade de horas que o kefir fermenta; por isso vale mais uma vez a pena pesquisar antes de sair consumindo só porque está na “modinha”.

Lembrando que ele é mesmo como se fosse um bichinho de estimação. Assim como outras culturas fermentativas, como um fermento natural de pão, você tem que alimentar sempre é mantê-lo vivo e saudável, para poder usar pra sempre.

30/3/2016
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation