Comida

Como fazer polvilho: mandioca, araruta, lírio do brejo

Mandioca, araruta, lírio do brejo. 
São algumas das raízes ( na verdade são chamados rizomas, pois elas são “reservatórios nutritivos” para a planta ) que dá pra se fazer uma farinhazinha leve de amido, que chamamos polvilho. 
E como boa parte das coisas, com uma mão e algum tempo, dá pra se fazer em casa. Esse aqui é o polvilho de lírio do brejo, também conhecido como gengibre branco, mas pode se fazer com qualquer um no mesmo processo. Pega o bicho, descasca. 
Bate no liquidificador com água. Passa por um pano poroso para separar a água da massa. Essa água, deixe decantar. O que ficar no fundo é o polvilho; é só descartar a água em cima e usar o fundo, uma papinha gosmenta. Se quiser ele seco, é só deixar secar e depois peneirar. Se quiser fresco ( no caso da mandioca, pra fazer tapioca, por exemplo ) é só peneirar ele ainda úmido. 
Com esse polvilho dá pra fazer tapiocas, para, bolos, biscoitinhos leves e deliciosos. A massa que fica, dependendo do tubérculo é mais ou menos fibrosa, mas também se usa para dar sustança e liga para massas, bolos, pães, o que você imaginar. ‪#‎saintvinsaint‬ 
5/11/2015
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation