Vinhos

Gelando os vinhos no verão….


Primeira coisa: vamos parar com essa bobeira do medo do balde de gelo. Uma coisa é usar mal. Outra coisa é não usar ( aliás, isso se aplica pra tudo na vida…rs ).

Caso ninguém tenha reparado – aqueles que ainda não derreteram – esse verão está particularmente quente. Sim, aquecimento global, poluição, falta d’água. E dias quentes, muito quentes. 

É impossível beber qualquer coisa embaixo do sol nessa temperatura ambiente. Qualquer líquido perto dos 40 graus pra mim já é chá. 

Por isso, não temos outra alternativa a não ser resfriar nosso combustível alcoólico. 

Se eu fosse uma purista, iria colocar aqui uma tabela de temperaturas por tipo de vinho, recomendar você comprar duas adegas – uma pra tinto, outra pra brancos – e monitorar as temperaturas. E comprar um termômetro para medir a temperatura exata do seu vinho antes de servir. Mas graças a deus já passei dessa fase. E esses posts são sobre férias e finais de semana pra beber e tomar sol, portanto…. 

1. Desencane de monitorar a adega

Pensemos no verão. A primeira coisa que acontece com 90% das adegas… é que elas piram. Como a maioria regula sua temperatura de acordo com a temperatura do ambiente, todas sobem alguns graus e podem variar de dia pra dia. Ou seja, sua adega de brancos pode não ser tão eficiente assim se o bafo lá fora estiver infernal. E não tem muito o que fazer. 

2. Abra espaço na sua geladeira

Eu mantenho todos meus brancos, rosés e espumantes que vou beber no final de semana ou férias na geladeira. Assim eles já saem mais ou menos na temperatura ideal para tomar – caso eu precise tomar um pouco mais quente, espero uns minutos – caso ele precise se manter bem resfriado, ele vai direto da geladeira para um balde de gelo. 

3. Cuidado com o choque

O importante, mesmo mantendo os vinhos na geladeira, é não deixar que eles sofram muitas mudanças drásticas de temperatura. Isso stressa o vinho. Então se você passar o vinho pra geladeira, tente consumí-lo. Ou deixe lá. Ficar tirando e colocando os vinhos de caixa pra geladeira e da geladeira não é a melhor idéia. Eles precisam de descanso, se adaptar a temperatura. 

4. Cuidado com o choque 2

Quem nunca colocou um vinho no freezer levante a mão. Eu já. Várias vezes. Não é a coisa mais profissional do mundo, mas funciona quando você tem que gelar seu vinho rápido. Um truque bom é molhar um papel toalha, envolver a garrafa e colocar alguns minutos no freezer. Gela que é uma beleza. Mas cuidado pra não esquecer a garrafa no freezer. De duas uma: ou ela congela e seu vinho vai alterar completamente depois que descongelar – ou então a garrafa vai estourar no freezer, e além de você perder um líquido precioso, vai inundar seus outros congelados com vinho. 

5. Os tintos

Se forem tintos leves, eu também coloco na geladeira antes de servir, pra chegar lá perto dos 16 graus de temperatura. E sim, se o calor lá fora estiver de 40 graus, eu mantenho ele um balde com água e gelo, colocando e tirando ele desse banho gelado para manter sua temperatura – não gelar demais e nem deixar que ele esquente. 

6. Balde de gelo

Você pode colocar o clássico gelo + água. Ou então, se estiver com pressa, álcool e sal também. Importante lembrar que não é propriamente o gelo que vai gelar o vinho, mas sim, o contato do vinho com água gelada. Então não adianta nada colocar a garrafa de vinho no balde cheio de gelo e sem nada de água. Precisa estar molhado. 

7. Levando o balde

Vai pra areia, pra piscina, pro mato, e precisa gelar o vinho? Leve o balde. Outras opções também são ótimas: Isopor com gelo, caixa térmica com gelo, sacola plástica com gelo. Já vi gente até pegar um gelo de posto de gasolina, cortar pela metade e fazer assim “dois” sacos de gelo improvisados, colocando um pouco de água e enfiando o vinho dentro. Bolinhas térmicas para garrafas, gelo náutico e gelos encapados também são uma ótima solução. 

8. Mantenha na sombra

Não precisa ser muito inteligente pra perceber que gelo no sol derrete, e vinho no sol esquenta. Mantenha seu apetrecho de gelar e suas garrafas na sombra, se possível. Na barraca, atrás da cadeira, debaixo da árvore….. 

24/1/2015
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation