Café & Chá

 

Carta de café

Coado V60

Aeropress

Prensa Francesa

Produtor, Torrefação, Região, Processo e Variedade

Florisvaldo Alcântara, Wolff Café, Abaíra/BA, Natural, Catuaí Amarelo e Vermelho, R$12

Catarina e Marcos Kim, Pato Rei Café, São Thomé das Letras/MG, Black Honey, Arara, R$16

Delmar Benetti, Abuela Café, Caldas/MG, Natural, Catuaí Vermelho, R$14

Minamihara, Minamihara, Alta Mogiana/SP, Natural, Catucaí-Açu, R$16

Minamihara, Minamihara, Alta Mogiana/SP, Natural, Obatã Vermelho, R$16

Marcos Fenicio L Dias, Tocaya, Barra da Choça/BA, Natural, Catuaí Amarelo, R$14

Rafic Yussef El Mouallem, Tocaya, Brasópolis/MG, Cereja descascada, Catuaí vermelho, R$14

Olegário Madeira, Olegário Madeira, Campos do Jordão/SP, Natural, Catuaí Vermelho, R$12

 

Carta de Chás – R$16

Bai Mu Dan Selvagem | Província de Fujian, China (branco)
Feito a partir do cultivar Fu Ding Da Bai Cha, rico em aminoácidos e com relativo baixo teor de cafeína. Estas propriedades químicas, além de serem extremamente benéficas para a saúde, criam um equilíbrio entre o corpo denso e aveludado e um licor adocicado, de aromas florais.

Yanki | Darjeeling, Índia (verde)
Darjeeling possui 87 Tea Estates, grandes extensões de terra pertencentes a corporações com escritórios em Calcutá. Todos, exceto o caso Yanki. Trata-se de um chá produzido por uma cooperativa de pequenos tea farmers que são incentivados a cultivar outros produtos, visando o equilíbrio da terra. A fábrica pertence aos próprios produtores, liderados por Yanki, a mestra de chá que empresta seu nome à marca. Este exemplar apresenta belas folhas de um enrolado muito sofisticado e uniforme. Já o licor é suave e muito aromático, combinando características híbridas dos chás verdes chineses e japoneses.

Tie Guan Yin | An Xi, China (oolong)
O nome deste tradicional chá chinês faz referencia à divindade Guan Yin, que quer dizer “Deusa de Ferro da Misericórdia”. Um famoso exemplar dos Oolongs de baixa oxidação, que apresenta intenso aroma floral, textura aveludada e leve adstringência. Uma boa indicação para apreciar após a refeição, estimulando a digestão e deixando na boca um longo final floral.

Jungpana Tea Estate 2nd Flush | Darjeeling, Índia (preto)
Proveniente do jardim mais premiado de Darjeeling, este chá colhido no verão (segunda colheita do ano) é a menina-dos-olhos do Jungpana, cuja plantação nessa época fica repleta das ‘green flies’, pequenos insetos que picam as folhas e disparam reações químicas resultantes nas famosas notas de moscatel, tão procuradas nos Darjeelings. Este exemplar apresenta aromas de cereais torrados, textura untuosa, corpo médio e um doce aftertaste.

Rosas da China | China (chá preto aromatizado)
Um dos mais clássicos chás perfumados da China, conhecido desde a Dinastia Ming e produzido de forma tradicional: pétalas de rosas vermelhas frescas e folhas de chá preto de Yunnan são sobrepostas durante o processamento e, depois de atingir a quantidade certa de perfume, são separadas por peneiragem. Ficam, no entanto, algumas pétalas de rosas complementando a beleza visual do chá. Esta variedade é delicada e doce, com aroma fortemente floral e textura aveludada, resultando num licor rubi acobreado e profundo na taça. Acompanha bem pratos de caça, queijos leves e chocolate.

17/8/2020
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation