Viagens

NATUREBAS DO CHILE: RENAN CANCINO & HUASO DE SAUZAL

 Esse é Renan Cancino, que faz os vinhos Huaso de Sauzal. A bodega, casa antiga dos avós e depois armazém da família, está hoje repleta de vinhos de Carignan dos produtores da região, além dos vinhos de Pais que tanto estão marcando a história de vinho no Chile. 

Do Villalobos, em Lolol, viemos para uma das regiões mais interessantes – e desconhecidas ainda – de vinhos no Chile.

Essa é a paisagem do Secano interior chileno. Uma região árida, berço dos Pipeñeros e vinhateiros tradicionais. Cauquenes, Sauzal, Pilen. Campos de vinhedos tocados por agricultores locais, sem intervenções.

Visitar a região dá um olhar completamente diferente, e tendas entender o vinho de maneira mais completa: conhecendo as pessoas, as paisagens, as histórias.

Estamos agora com Renan Cancino, dos vinhos Huaso de Sauzal. Huaso significa “homem do campo”. Sauzal é o povoado em que ele nasceu e que hoje em dia tem a bodega. Da casa dos avós se formou um armazém, e do armazém fizeram a bodega.

Renan faz um trabalho de resgate da propriedade agrícola auto-sustentável: está com seus vinhedos, semeia trigo, milho, frutas, legumes, verduras, cria animais. Segue os preceitos da biodinâmica e faz a colheita, poda, envase, de acordo com o calendário. 


 

Era dia flor e fruto. Dia de começar a colheita!  Carignan e Garnacha aqui na Huaso de Sauzal.

Todo trabalho é manual é feito por gente local. As vinhas são de “cabeça” , uma condução típica espanhola que também se usa por aqui.

Renan não utiliza nenhum produto químico nos vinhedos, somente enxofre uma ou duas vezes ao ano. E faz vinificações totalmente naturais, sem adição de so2. 

 

Eu, feliz da vida roubando sementes de feijões e de tomates crioulos chilenos pra plantar lá em casa! Rs

 

Vinhos de Carignan, de vários produtores da região, lá na bodega da Huaso de Sauzal. Cada um com uma personalidade diferente.

 

 

 

Durante muitos séculos o vinho chileno era feito com País. Foi só no século 19 que as cepas francesas tomaram espaço e se tornaram objeto de desejo dos vinhateiros, das vinícolas e dos compradores.

Renan sempre brinca que quando os degustadores bebem um País, muitos dizem que ” esse é o novo vinho do Chile!!”. E ele diz que na verdade esse É o vinho do Chile, sempre foi o vinho do Chile.

Renan faz vinhos de País mas não Pipeños. Pipeño é um vinho jovem, ligeiro. Ele optou por um estilo de País mais “sério”, com estágio em barricas durante muitos meses.

 

E aqui em Sauzal, um produtor de aguardente. Por aqui não se pode fazer aguardente em casa, mas claro que as pessoas fazem. Com as cascas das uvas, descartadas depois da prenda do vinho, fazem um destilado forte para “aquecer” os corações.

 

Batatas estocadas para o inverno. Vinho País jovem. Aguardente de uva. Cenário típico das comunidades do interior do Secano chileno. Poderia ser a 100 anos atrás.

      

25/3/2016
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation