Comida

Sabão abrasivo com cascas de ovos.

Hoje foi dia de testar novas receitas de sabão por aqui. Sabão feito com cascas de ovos e borras de café, e sabonete de casca de banana. Sim, sim, tudo receita pra reaproveitar o que iria para o lixo. Bom, não pro lixo aqui de casa, mas pro lixo da maioria da galera por aí. Imagine. Casca de banana, borras de café e cascas de ovos. Ah, e óleo usado. Tudo que iria pro lixo.

O sabão com borras de café e cascas de ovos vai direto aqui pra pia de cozinha: é um sabão abrasivo ótemoooo pra limpar panelas e tirar gordura. Substitui horas de bucha e de bombril.

O sabonete feito com cascas de banana é um teste, pra usar no banho, e aqui fizemos com as cascas das bananas que comemos hoje, especiarias, e assim como todos os sabões de casa, também com óleo usado daqui ou da Enoteca. Como sempre fiz sabão mas nunca sabonete pra uso “cosmético”, estou ainda testando umas coisas, mas minha idéia é sempre fazer com os ítens que tenho e que posso reaproveitar. Aliás, dicas de sabonetes naturais com ingredientes de reaproveitamento são bem vindos! Vou adorar.

A base de todo sabão que a gente faz aqui é a mesma: soda cáustica, óleo usado ou banha usada – do restaurante, daqui ou de vizinhos – e a partir daí, pra cada “função”, a gente faz uma receita. Pra mim o importante não é só fazer o sabão, mas fazer com o máximo de ingredientes que posso fazer ou coletar, ou ter em casa, ou reaproveitar. Da soda não dá pra escapar muito, a não ser que você faça o sabão de cinzas – tópico pra outro post – mas todo o resto, dá pra tentar usar o mínimo de coisas “de fora” possível.

A base de todo sabão que a gente faz aqui é a mesma: soda cáustica, óleo usado ou banha usada – do restaurante, daqui ou de vizinhos – e a partir daí, pra cada “função”, a gente faz uma receita. Pra mim o importante não é só fazer o sabão, mas fazer com o máximo de ingredientes que posso fazer ou coletar, ou ter em casa, ou reaproveitar. Da soda não dá pra escapar muito, a não ser que você faça o sabão de cinzas – tópico pra outro post – mas todo o resto, dá pra tentar usar o mínimo de coisas “de fora” possível.

O básico aqui gente usa óleo usado, soda, vinagre que nós mesmos fazemos, folhas, ervas e folha de mamão da horta: esse dá pra lavar roupa, guardanapos, chão, louça. Pras pias mais nervosas, a gente faz essa mesma receita com borras de café, que além de tirar cheiro, é ótimo desengordurante. Agora descobrimos que também dá pra colocar as cascas de ovo trituradas nessa receita e … ahhh, gente, que emoção, ele vira um sabão abrasivo. Coisa linda.

Fazer o próprio sabão faz a gente se sentir meio super-herói. Eu pelo menos me senti assim quando fiz o meu aqui pela primeira vez.

Tem um monte de receitas de sabão caseiro. Alguns com agentes branqueadores – como a folha de mamão – outros com aromatizantes – como ervas – outros com agentes hidratantes – como as bananas, aveia, leite, abacate…. Além de desengordurantes, bactericidas, abrasivos. Enfim.

Óleo, casca de banana, cascas de ovos, borra de café. Tudo que iria pro lixo e se transforma em sabonetes hidratantes pra reinar na pia do banheiro ou sabão porradão pra encarar uma pia de panela pedindo pelamor pra arear.

A gente faz também outra receita com folha de mamão e ervas da horta, que a gente usa como base, e serve pra lavar roupa, louça, chão, qualquer coisa. Ralado vira sabão em pó, diluído na água vira sabão líquido.

📍 ahhhh! Sabia que tem um episódio no Criado Solto só sobre….. sabão? Lógico. Depois confere lá no meu canal, o Criado Solto, na @olapodcasts . Link nos destaques lá do meu perfil no instagram também, o @liscereja: “podcast”.

 

1/7/2021
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation