Receitas & Ingredientes

Nabos & Rabanetes: folhas, picles e fermentado lático.

Picles de nabos e de rabanete ( com folhas de rabanete também, claro, pra não jogar nada fora ). Mais uma pra aproveitar o rabanete inteiro, dessa vez, na conserva de vinagre.

1 xícara de água para 1 xícara de vinagre, 2 colheres de açúcar, 1 colher de sal. Receita básica para conservar qualquer coisa no vinagre. É só aquecer essa mistura, jogar por cima dos rabanetes e das folhas já picadinhas, e depois colocar num pote de vidro fechado por no mínimo 1 semana. Vai experimentando, abrindo, vendo se está muito azedo, pouco azedo, e ajustando a receita.

Interessante de alguns nabos e rabanetes: tem quem ame e quem odeie o sabor ardido e o aroma bastante ‘peculiar’ desses dois. Eu adoro, e o rabanete em especial me dá até uma “acordada” naqueles dias que estou meio preguiçosa. Melhora a digestão, é diurético e tanto as folhas quanto os rabanetinhos em si são bons para um tantão de coisas – falo  disso mais tarde. Um dos responsáveis pelo aroma e pelo ardido é o enxofre, o que faz com que ele seja ótimo para combater infecções. Fermentados,

em picles ou cozido, o rabanete e os nabos ficam menos picantes ( embora as fermentações láticas muitas vezes possam acentuar o aroma num primeiro momento ) e muita gente acaba preferindo consumir dessa maneira, menos dramática que crus.

Eu sou fã deles frescos e crus mesmos, com fio de azeite e sal, mas quando tem muita produção aqui em casa vai parte para conserva também: alguns kimchis de folhas de nabos e rabanetes, alguns fermentados laticos, outros conservados no vinagre, outros grelhados e conservados no azeite e sal – sim, fica uma delícia – e dá-lhe comer rabanete o resto do inverno inteiro.

#quarentenacriadasolta #fazendoprqcomerdepois #criadosoltoreaproveitamento 

24/7/2020
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

11. 3846 03 84

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation