Sustentabilidade, Divagações

Monoculturas não alimentam o mundo.

verduras

Cerca de 70% de todos os alimentos consumidos pela humanidade vem de pequenos produtores, que possuem menos de um quarto de toda a área cultivável do planeta.

Mais de três quartos de cultivo são destinadas às fazendas industriais, mas apenas 30% dos alimentos consumidos no planeta vem de fazendas industriais que cultivam em larga escala. ( Hungry for land: small farmers feeds the words with less than a quarter of all farmland” ; Grain, 28 de Maio de 2014 ).

Mas então pequenos produtores conseguem com 1/4 do total de terras cultiváveis alimentar 70% do planeta? Pois é. Pequenas propriedades agrícolas, em especial as de manejo ecológico, são muito mais férteis e mais produtivas. Se pequenos produtores tivessem metade das terras cultiváveis do mundo, teríamos comida de sobra sem precisar recorrer à agricultura industrial.

Uma das maiores mentiras que giram por aí é que a industrialização da agricultura iria alimentar o mundo. Grandes fazendas industriais baseadas em monoculturas, fertilizantes sintéticos e agroquímicos detém 3/4 de todas as terras cultiváveis, e representam apenas 30% da alimentação humana. Motivo? Além delas serem menos produtivas e por isso precisarem de mais terras ( pois comprometem a fertilidade e a saúde dos solos e das plantas, que ficam dependentes de insumos agrícolas e de fertilizantes artificiais ), a maior parte do que é produzido não vai para alimentação humana. Vai para alimentação de animais ( gado, galinhas, etc… ) da indústria de carne, ovos, leite. Ou seja, a indústria alimenta outra indústria, que degrada ainda mais o ambiente. #saintvinsaint #fazendopracomerdepois

2/12/2017
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation