Comida

Bebidas quentes para o inverno: Leite de Cúrcuma, Golden Milk.

 

Golden milk, tumeric milk, leite dourado, leite de cúrcuma. 

Mais um pra carta de bebidas quentes desde inverno na Enoteca.

Podem chamar do que quiser, mas essa bebida amarelinha é uma das coisas mais gostosas e mais interessantes pra tomar no inverno que conheço.

Todo mundo já está careca de saber dos efeitos benéficos da curcumina ( presente na cúrcuma, nosso também conhecido açafrão da terra ): antioxidante, anti-inflamatório, ajuda em casos de depressão, de inflamações, é ótimo bactericida, ajuda na saúde das gengivas e sistema digestivo, hálito, saúde do fígado e ajuda a dar uma blindada no sistema imune, ajudando mesmo em casos de câncer. É, ela faz parte da turma dos pózinhos mágicos.

O gengibre também ajuda no combate aos resfriados e gripes, problemas respiratórios, aumenta o metabolismo ( ou seja, esquenta! Rs ), melhora a circulação, é analgésico e ainda auxilia numa melhor absorção de nutrientes.

O leite dourado de cúrcuma é usado, em diferentes receitas, já faz alguns mil anos por diferentes culturas; a mais difundida até hoje, na ayurveda.

Fez fama nas gringas como remédio milagroso pro câncer, pra emagrecer e pra cura de qualquer mal. Sem exageros, essa bebida realmente é uma bomba de coisa boa pra dentro do corpinho. Mas temos que lembrar que nenhuma receita é mágica e nenhuma preparação excluída do contexto cultural e alimentar vai dar os mesmos resultados. Portando, milagres a parte, podemos encarar essa delicinha amarela como, no mínimo, um pãtza aliado para a saúde agora que está vindo o inverno e começam a aparecer os resfriados, gripes, tosses e narizes fungantes. Nada melhor pra isso do que uma boa dose de antixoxidantes, anti-inflamatórios, bactericidas. Naturais, óbvio. Afinal, uma pessoa bem alimentada é sempre uma pessoa saudável.

O leite dourado consiste em leite ( vegetal ou animal ), gengibre ( fresco ralado ou em pó ), cúrcuma ( idem ) e mel cru. Pode usar também outras especiarias como canela, cominho e cravo.

Eu uso leite de cabra cru, por motivos óbvios de ter sempre em casa, mas que de quebra também junta um mais um tantinho de ácido cáprico, uma das substâncias encontradas no óleo de coco e que também faz um bem danado pro sistema imune em geral. Ele é um dos famosos ácidos graxos de cadeia média. Por uma série de motivos o leite de cabra é melhor para o organismo do que o leite de vaca: menor quantidade de alergenos, de substâncias inflamatórias, proteínas e gorduras mais bem assimiláveis pelo organismo, PH alcalino, e por aí vai. Mas voltemos ao leite dourado.

Ralo um naco grande de gengibre fresco na chaleira ( tipo a ponta do dedão ) coloco um copo de água ( água de coco também fica maravilhoso ), um copo de leite cru, um naco grande de cúrcuma fresca ralada ( ou uma colher de chá de cúrcuma em pó ), pitadas de canela, cravo, cominho e pimenta preta ( que aumenta a absorção da curcumina ). Bota pra ferver uns minutinhos até que o leite pega bastante a cor e o sabor da cúrcuma e do gengibre. Apague o fogo e espere amornar um pouco.

Na hora de servir, coloco uma colher de chá de gordura de coco ( que além de diversos outros benefícios para pele, coração, fígado, rins, ajuda a emagrecer, a ganhar massa magra, a ter boa digestão, auxilia o diabetes, alivia o stress…… também é um super remédio pra gripes, resfriados, dores de garganta, inflamações, infecções, respiratórias e malezas de inverno, por dar um absurdo up no sistema imunológico ). Pra dar ainda mais uma reforçada, uma colher de café de mel cru, alimento considerado sagrado por diversas culturas por conta de seus benefícios à saúde. Mas do mel podemos falar em outro post!! Rs

6/6/2016
Comente Compartilhe
×
Contact

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

Telefone:
11. 3846-0384

WhatsApp:
11. 95085-0448

We recommend making reservations - Tables above 6 people only with previous menu reservation