Divagações, Receitas & Ingredientes

Papel reciclado

3fcebe19-89bd-4a94-9489-d01b3a8546af 2

E já que “tá sobrando tempo” – mentira – resolvemos também reciclar os papéis que se usam na Enoteca.

A gente já recicla ou reusa ou transforma praticamente tudo:  as borras de café, as cascas de cítrico, as cascas de legumes ( pra pão, pra doces, receitas variadas ), os recicláveis ( vai pra coleta ), os compostáveis, os restos de vinho ( vira vinagre ), os restos orgânicos ( viram ração natural pro bichos de casa ), cascas de ovos ( farinha  ) e por aí vai. Nosso lixo é praticamente zero mesmo.

Essa semana começamos a testar reciclagem manual dos papéis. Eu e a Leonora ( @leonoragarcia ), que sempre topa as loucuras.

Comandas, menus, tudo que é papelada que iria pro lixo. Muito desses papéis a gente usa pra forrar as caixas de vinho que a gente manda pra fora de Sampa, pra quem compra com a gente pela loja virtual, por correio.

O que sobra, agora vai virar papel reciclado – bastante artesanal, como se pode ver… rss – para se transformar depois em capa de caderninho de anotacões, tags de preço, cartão, rótulos pros produtos da merceraria.

Dá pra voltar a se sentir criança fazendo esse tipo de trampo, além da terapia embutida na ação, pois você fica ali focado em fazer o trabalho manual e esquece da vida.

Ou lembra dela, no caso. O que é mais importante.

Pra fazer não tem segredo: pica todos os papéis, deixa de molho na água por um ou dois dias. Depois bate no liquidificador – se quiser pode adicionar um pouco de polvilho pra dar mais liga, e corantes naturais como cúrcuma, café, espinafre, páprica, jenipado – e despeja a gororoba numa peneira.

Pra peneira, ok, atenção. Difícil achar uma peneira com tela fina e que tenha o tamanho retangular de papel. A gente mandou fazer: comprou a tela numa loja de construção e “enquadrou” numa loja de molduras.

Depois de despejar a gogoroba na peneira, é só apertar bem apertadinho, passar pra uma superfície absorvente – pano por exemplo – e esperar secar.

21/10/2018
Comente Compartilhe
×
Contato

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

11. 3846 03 84

Não aceitamos cartões de crédito e cheque - Recomendamos reservas antecipadas - Mesas acima de 6 pessoas somente com reserva prévia de menu