Receitas & Ingredientes

Jiló maduro.

15800770_1224413967595482_5367366189495484469_o

Da série “eu era mais pãtza do que imaginava”. São pimentas? São mini pimentões? São cajus transgênicos? Não. São jilós maduros. Pois é, acho que eu nunca tinha visto um jiló maduro na vida, pois a gente tem o costume de comer eles verdes. Esses aqui estavam amadurecendo para tirar sementes ( não adianta tirar semente do treco verde, pois não vai vingar. É como querer que uma pessoa que não entrou em fase reprodutiva consiga gerar um filho, maomeno… ). Aqui no Braza o jiló é muito utilizado, tanto na culinária tradicional quanto na medicina popular, principalmente em deficiências de ferro e problemas de digestão e hepáticos, principalmente pelo sabor amargo. Embora seja abundante em solo tupiniquim, sua origem parece ser mesmo africana. Botei os bichanos maduros na panela mesmo, com alho e cebola na manteiga, pra ver o que acontecia. Ficou divino. Comprei lá na chácara do seu Benedito, em Barequeçaba.#fazendopracomerdepois #saintvinsaint

14/5/2017
Comente Compartilhe
×
Contato

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

11. 3846 03 84

Não aceitamos cartões de crédito - Recomendamos reservas antecipadas - Mesas acima de 6 pessoas somente com reserva prévia de menu