Receitas & Ingredientes

Gordura de coco, óleo de coco…… coco.

Gordura de coco. Alguém ainda não sabe como é gostoso e faz um pãtza bem? 

Usada a milianos por muitas culturas orientais ( e algumas Sul americanas também ), o óleo ou a gordura do coco é uma gordura vegetal riquíssima em benefícios pro corpitcho, considerada por muitos, além de gastronômica, medicinal. 

Veja bem: medicinal é um termo sacana. É como se houvessem alimentos “medicinais” e outrosnão. Não é bem assim. Embora existam alimentos que sejam realmente geniais em benefícios para a saúde, temos que lembrar que eles estão sempre inseridos na cultura alimentar e num contexto de uma vida equilibrada, entre cabeça, corpo, dieta. Como sempre falo, não adianta se alimentar só de produto extremamente processado, sair buzinando no trânsito e se entupir de óleo de coco achando que vai estar muito mais saudável. Não vai. O buraco é mais embaixo.

De qualquer maneira… O óleo de coco é mesmo fueda. Eu mesma uso com fins gastronômicos e “medicinais”, como muita gente.

Só um adendo: óleos vegetais no geral podem não ser tão bons assim. Na maioria dos casos, óleo vegetal significa óleo industrializado extremamente processado, feito de grãos transgênicos ( milho e soja ) ou flores que não existem ( canola ). Não, não fazem bem pra saúde. É vegeta ou vegano? Azeite, óleo de gergelim, de abacate, de coco, etc. Não é? Manteiga e banha de porco naturais. Pronto. E não, nunca, nunca margarina.

Alguns dos efeitos milagreiros do óleo de coco, além de nutrir e hidratar pele e cabelos ( usado como creme, máscara… os cabelos das indianas são geralmente tratados com óleo de coco, então funciona! Rs ), pode ser aplicado em machucados, queimaduras, infecções… E atua mesmo como curativo. Isso se deve a um bando de componentes antixoxidantes, antibacterianos, antivirais, antifúngicos e reparativos.

Como ouvi de um amigo da ayurveda, o óleo de coco e o guee são as gorduras que fazem com que a engrenagem do nosso corpo fique sempre lubrificada e não emperre.. Rs

Como atua fortalecendo a imunidade, é usado para acalentar doentinhos dos mais vários tipos. De resfriados até doenças mais sérias, pois vai varrendo as bactérias e vírus que não deveriam estar por ali. Gripes, resfriados, sarampo, gonorréia, HIV, pneumonia, infecções na garganta e no trato urinário, no estômago, citomegalovírus, úlceras, e por aí vai. É, o treco é poderoso. Eu mesma quando vejo que vou gripar já começo meu “tratamento” com algumas colheres de gordura de coco a mais. De qualquer maneira, ele atua também como preventivo.

Para as vísceras também é um santo remédio, ajudando a regular as funções e a descarregar o stress do trabalho delas: fígados mais em forma, menos acúmulo de gordura, rins funcionando legal e filtrando como se não houvesse amanhã, pâncreas tranquilinho. Intestino e estômago idem.

Uma das funções mais legais é que ele ajuda na absorção de nutrientes: ou seja, ele “carrega” mais coisa boa pra dentro da gente e a gente consegue aproveitar mais. Exemplo? Cálcio. Por isso acaba dando uma ajuda nos ossos e dentes também.

Ao contrário do que muita gente pensa quando ouve “gordura” ou “óleo”, as boas gorduras não vão virar gordura no seu corpo. O óleo de coco aliás até ajuda quem quer maneirar na barriguinha: acelera mesmo o metabolismo, sacia, nutre, acalma, dá uma organizada e estimulada nas funções mentais e na disposição, além de colaborar para o não acúmulo de gorduras ( pois é ) no corpitcho, nas artérias, nas víceras.

Da mesma maneira, ele é um ótimo regulador de açúcar no sangue, ajudando no equilíbrio glicêmico e liberação de insulina: até pra diabéticos é recomendado.

Por fim, é uma pãtza fonte de energia, rápida e eficaz. Pra quem faz atividade física ou mental extenuante, pra quem quer dar uma ajudinha pro cérebro pensar ou para a corrida… Ou pra quem vai passar alguns dias na neve ( rs ), bota gordura de coco pra dentro.

Lembrando que nem só de potinhos vive os benefícios do coco: a fruta ingerida in natura também tem uma boa porcentagem de gordura, além de outros benefícios como fibras, nutrientes diversos e claro, muuuuito sabor.

1/7/2016
Comente Compartilhe
×
Contato

Rua Professor Atilio Inocenti, 811,
Vila Nova Conceição, São Paulo

11. 3846 03 84

Não aceitamos cartões de crédito - Recomendamos reservas antecipadas - Mesas acima de 6 pessoas somente com reserva prévia de menu